PAÍS AFRICANO ADQUIRE 295 VEICULOS DA MARCOPOLO

O Ministério dos Transportes de Gana, na África, fecha contrato com a maior fabricante de carrocerias de ônibus do Brasil, a Marcopolo. Depois de longa negociação, a empresa brasileira e o país africano firmaram acordo para o fornecimento de 295 novos ônibus, que já estão sendo produzidos e serão entregues até o final do ano. Entenda como foi essa negociação e quais serão os modelos exportados para a África.

ENVOLVIDOS NO ACORDO

Depois de longas reuniões entre a empresa brasileira e os executivos ganeses, realizadas nos dois países envolvidos, finalmente a Marcopolo conseguiu convencê-los a aceitar a proposta, oferecendo o melhor de seus produtos e serviços de pós-vendas. A Scania, uma das maiores fabricantes de chassis do mundo, também fará parte do negócio em parceria com a empresa brasileira. Os ônibus serão utilizados para transportar os passageiros por Accra (capital de Gana), como também para viagens intermunicipais.

SISTEMA BRT EM ACCRA

Dos 295 veículos envolvidos na negociação, 245 serão do modelo Viale, um modelo que tem por característica o piso baixo, motor traseiro com redução de gases poluentes e câmbio automático. É o modelo mais moderno produzido no Brasil e será disponibilizado para o sistema BRT da capital ganesa. O objetivo das autoridades de Accra é oferecer um transporte mais cômodo e melhorar a mobilidade urbana e interurbana da cidade.

ONIBUS PARA VIAGENS INTERURBANAS

Os demais 50 veículos serão ônibus rodoviários de três modelos diferentes, sendo 20 do Paradiso 1200, 20 do Viaggio 1050 e dez unidades do Ideale. Os dois primeiros contam com poltronas semileito, duas portas de acesso, sanitário no entre-eixos, monitores e câmeras para visualização externa do veículo. Além disso, possuem sistema de ar-condicionado, áudio individual e janelas laterais com vidros colados. Já o modelo Ideale possui poltronas executivas e duas portas de acesso, além de propiciar maior conforto para o motorista, devido o seu sistema de saídas de ar e fácil alcance aos comandos. O objetivo da aquisição desses ônibus é otimizar o tempo das viagens entre Accra e as demais cidades daquele país.

Fonte: Marcopolo